Plus500

24.1.09

Nouriel Roubini estará certo, mais uma vez?

O economista Nouriel Roubini, famoso por antever a eclosão da crise financeira mundial, prevê mais um ano de perdas nas bolsas de valores. Segundo o professor da Universidade de Nova York, o que motivará a queda dos papéis é a freada da China, que contribuiu em 2008 com 19,5% do crescimento mundial. Roubini estima que os ativos cairão cerca de 20% em todo o planeta, a partir dos níveis atuais até dezembro, de acordo com a agência de notícias Bloomberg.

A avaliação contradiz as expectativas da maior parte dos analistas de Wall Street, que projetam uma alta de 29% para o índice Standard & Poor's 500 neste ano. Para o economista, os chineses já estão em recessão, apesar de o governo ter divulgado uma expansão de 6,8% no quarto trimestre. "A demanda está em queda na China, o país possui excedente de capacidade e há um excesso de oferta mundial. Isso tem implicações muito importantes", afirmou Roubini.

A análise é compartilhada por Albert Edwards, estrategista global da Société Générale. Edwards também chamou a atenção do mercado, em março de 2007, quando ressaltou que uma contração dos Estados Unidos detonaria uma onda de baixa no mercado de ações. Agora, para Edwards, a freada da China vai reduzir os ganhos no setor industrial, de energia e de matérias-primas. Isso levará à piora do movimento de venda de ações em países emergentes. Nos Estados Unidos, o S&P 500 pode despencar 40%, segundo o economista.

Postado por Sardinha no Fórum Monitor Financeiro

--------------------------------------------

Acompanhem o RGE Monitor, onde Roubini publica seus estudos.

2 comentários:

Daniel Castro disse...

Olá inclui o seu site na minha relação de links: http://www.horusstrategy.com.br/links/

Abs.,
Daniel

Seagull disse...

Valeu Daniel,

Obrigado pelo link e parabéns pelo trabalho com o site.

Abs ^v^