Plus500

2.8.07

Telemar -Oi


Mais um GAP altista, superando as expansões de Fibo e a cada vez mais provável reorganização do mercado de Telecom que vai fazer dela, junto com a BrT, o terceiro grande player do setor. E olha que poucas vezes o ativo em questão conseguiu ficar sendo negociado acima dos 40! Agora parece que vai...

^v^

6 comentários:

Anônimo disse...

E quem fica com a fatia da Telemig?

Não é novidade que 30,4% do mercado de telefonia móvel de Minas Gerais e 22,1% do da Amazônia estão à venda pela Telemig Participações. Concorrendo por estas fatias despontam Vivo e Claro. Mas, no início desta semana, um rumor de que a Telemig Participações estaria fechando a venda para a Vivo movimentou o setor de telecomunicações no Brasil. Em fato relevante, a Telemig não desmente nem confirma a negociação. O que se sabe é que, se o fato se concretizar, pode ser decretado o fim da acirrada disputa pela liderança do mercado brasileiro. “Com essa aquisição, a Vivo vai disparar na frente dos concorrentes. E, com o crescimento pequeno que resta para este mercado no Brasil, acho difícil a Vivo ser superada pelos concorrentes em termos de base de clientes”, avalia Fernando Faria, analista de telecomunicações da consultoria norte-americana Pyramid Research.

Fôlego para ser líder a Vivo já mostrou que tem. Depois de perder cerca de 4% de mercado em 2006, a empresa acumula crescimento nos primeiros trimestres de 2007. Atualmente, detém 28,3% de market share, segundo dados da consultoria Teleco. Com o negócio, a Vivo passaria de 30,2 milhões de celulares em junho para 35,1 milhões, ampliando a sua margem em relação à da TIM (27,5 milhões) e a da Claro (26,3 milhões). Outra vantagem para a Vivo é que a compra resolve dois problemas antigos da companhia: a entrada no mercado mineiro e o custo da operação de roaming [quando a rede não é local] no Estado. “A Vivo precisa ter presença em Minas Gerais. É um Estado muito perto do eixo Rio-São Paulo, com um mercado ainda pouco explorado no Sudeste”, pondera Eduardo Trudi, presidente da consultoria Teleco.

O mercado de telefonia celular vive um momento de revisão de metas. A alta densidade de aparelhos entre as classes de renda alta impõe às operadoras uma situação de expansão da cobertura para penetrar em segmentos com menor poder poder aquisitivo. “A tendência é que a média de retorno financeiro por usuário caia cada vez mais, com a ascensão dos pré-pagos”, projeta Reginaldo Takara, analista da Standard & Poor´s.

carlos disse...

Oi boa tarde, gostaria de uma avaliação sobre esse tema, pois estou pensando em comprar mais um pouco obrigado.

Credit Suisse avalia mercados e alerta: o apetite por risco está despencando

http://web.infomoney.com.br//templates/news/view.asp?codigo=758523&path=/investimentos

Seagull disse...

Entao Carlos,

o mercado de telecom está sendo reorganizado. Boas oportunidades podem surgir (no meu entender elas já aconteceram) e no entanto, olhando para o cenario global, com o aumento pela aversão ao risco, o dinheiro começa a sair em maiores proporções.

Muita coisa ainda está para acontecer nos EUA em função do problema com as hipotecas. Especula-se que irão criar um fundo para reduzir a chance de contágio generalizado.

Mas tudo ainda parece nebuloso para assumir maiores posicionamentos. A hora recomenda cautela e que se aproprie os lucros embutidos durante esta longa pernada de alta.

Avalie bem suas estratégias! ;-)

Abs ^v^

carlos disse...

Primeiramente obrigado pelo retorno,
-esqueci de mencionar que a cerca de 2 anos venho comprando para longo prazo(qdo vendo é dentro do limite de 20k e depois recompro)
- no momento tenho um recurso das vendas de arcelor em poupança e penso em comprar ggbr 3 e cpfe 3
-mesmo com visão de LP vc acha arriscado entrar agora ?

Seagull disse...

Prezado Carlos,

No LP a tendência é que a maioria dos ativos de empresas boas valorizem acima da RF.

Entretanto, vivenciamos um período de grande prosperidade nos mercados, que já dura mais de 4 anos. Uma correção mais forte (ou mesmo uma queda com reversão na tendência principal) não pode ser descartada.

Olhando para o Ibovespa, este poderia voltar até próximo dos 46k. E a Telemar deve mesmo (tudo indica) ser unificada com a Brasil Telecom. Quem se posicionou na faixa dos 26/28 carrega um bom lucro. Acima dos 40, a aposta fica perigosa - observando o trading range de LP.

Imagino que em breve as cotações poderão estar mais atrativas para compra. Mas é muito complicado estabelecer fundos ou pontos de suporte quando em um mercado declinante. Assim como entrando nas alturas, corre-se o risco de pagar a conta dos que adquiriram o papel mais cedo.

Já GGBR e CPFE são papéis de alto valor agregado que dificilmente podem trazer perdas no LP. Mas a decisão final é sempre do dono do dinheiro.

Não tenho como dizer o que vc deve fazer... mas posso tentar ajudá-lo a pensarmos juntos! ;-)

Grande abraço e boa sorte ^v^

Seagull disse...

(02/08) TELEMAR PART (TLMP) - Elevacao do preco a ser pago na OPA da Telemar
DRI: Fabio Schvartsman

Enviou o seguinte Fato Relevante:

“(i) A Telemar Participacoes S.A. (“TmarPart”) vem a publico para informar que o seu Conselho de Administracao, em reuniao realizada nesta data, aprovou proposta para elevar de R$35,09 para R$45,00 (a vigorar na data do leilao) o valor por acao a ser pago aos acionistas de sua controlada Tele Norte Leste Participacoes S.A. que aderirem a oferta publica voluntaria de aquisicao de acoes preferenciais desta companhia (“OPA TNL”), observada a condicao indicada no item (ii) abaixo.

(ii) A elevacao do preco da OPA TNL esta sujeita a obtencao, em condicoes satisfatorias para a TmarPart, dos financiamentos bancarios necessarios, o que sera oportunamente informado ao mercado pela TmarPart.

(iii) A estipulacao de um valor fixo para a OPA TNL atende a regra da Securities and Exchange Commission norte-americana (“SEC”) de que o preco de toda oferta publica de aquisicao de acoes registrada perante a entidade deve ser divulgado com, no minimo, 10 (dez) dias uteis de antecedencia da data marcada para o respectivo leilao, sendo vedada a alteracao do preco durante o leilao.

(iv) Caso haja a efetiva elevacao do preco da OPA TNL, que pressupoe o
atendimento da condicao descrita no item (ii) acima, a data do respectivo leilao sera alterada de modo a atender as regras da SEC, e sera oportunamente divulgada.

(v) A TmarPart informa que o teor do presente aviso de fato relevante esta sendo transmitido, neste ensejo, ao Diretor de Relacoes com Investidores da Tele Norte Leste Participacoes S.A., a fim de que seja divulgado, de igual modo, a seus acionistas.

(vi) O edital da OPA TNL, o instrumento de oferta denominado Schedule TO e
demais documentos relevantes relacionados a OPA TNL que forem arquivados na SEC podem ser consultados gratuitamente por meio do site da SEC, www.sec.gov ou mediante requerimento ao agente de informacao, The Altman Group, atraves do telefone 800.398.2816 (ligacao gratuita), para ligacoes nos Estados Unidos, ou 201.806.2234 (ligacao tarifada), para ligacoes interurbanas. Os documentos relacionados a OPA TNL devem ser lidos atentamente por conterem informacoes importantes. A conclusao da OPA TNL esta sujeita as condicoes descritas no respectivo edital.