Plus500

2.8.07

Aços Villares - AVIL3

Agência Leia - A Aços Villares informou esta manhã que registrou lucro líquido de R$ 88,6 milhões no segundo trimestre de 2007 (2T07), resultado 20% maior que o registrado no mesmo trimestre do ano anterior (R$ 74 milhões). Nos primeiros seis meses de 2007 o lucro líquido acumulado atingiu R$ 143,9 milhões, 7% superior ao do mesmo período de 2006.

Segundo a companhia, esse desempenho reflete o bom momento da economia e, em particular, da indústria automobilística, setor atendido pelo principal negócio da companhia, os aços especiais para construção mecânica.

As vendas consolidadas no trimestre somaram 178 mil toneladas, volume 11% superior ao do mesmo período de 2006, resultado do incremento das vendas no mercado interno. No ano de 2007 as vendas totalizaram 337 mil toneladas, volume 16,3% acima do volume vendido no mesmo período de 2006.

A receita líquida consolidada atingiu R$ 520 milhões, 19% superior a verificada no segundo trimestre de 2006. No ano, a receita líquida consolidada totalizou R$ 946 milhões, valor 16% maior que o obtido no mesmo semestre de 2006.

A geração de caixa, medida pelo EBITDA, somou R$ 144 milhões no 2T07, o que representa um crescimento de 4,3% frente o resultado do 2T06. O EBITDA alcançou R$ 243,2 milhões no semestre, com margem EBITDA de 25,7%.

6 comentários:

lauro bonfim disse...

Na RCA de 31/07/2007, foi aprovada, por unanimidade e ad referendum da proxima Assembleia Geral Ordinaria, o pagamento aos Acionistas da Companhia, conforme posicao acionaria desta data (31/07/2007): (i) a distribuicao de dividendos no valor total de R$ 20.746.245,19 (vinte milhoes, setecentos e quarenta e seis mil, duzentos e quarenta e cinco reais e dezenove centavos), calculado a razao de R$ 0,0063 (sessenta e tres decimos de milesimo de real) por acao em circulacao; e (ii) pagamento de juros sobre capital proprio no valor total de R$ 8.561.942,46 (oito milhoes, quinhentos e sessenta e um mil, novecentos e quarenta e dois reais e quarenta e seis centavos), calculado a razao de R$ 0,0026 (vinte e seis decimos de milesimo de real) por acao em circulacao, constituindo-se em antecipacao dos resultados obtidos pela Companhia no segundo trimestre do atual exercicio social (2007). Os valores serao creditados contabilmente e pagos em 20 de agosto de 2007.

Norma: a partir de 01/08/2007, acoes escriturais ex-juros e ex-dividendo.

Seagull disse...

Valeu Lauro!

Também acompanho este papel. Não é um "mico" qualquer. A empresa tem tradição e bons fundamentos.

Vamos ver se o mercado ajuda e ela venha a refletir seus bons resultados no preço do ativo em bolsa. Em todo caso, para M/LP ela tem tudo para dar alegria aos seus acionistas.

Abs ^v^

carlos disse...

eu de novo, fazendo um contra ponto com o que vc escreveu acima, sobre AVIL3
-eu que não a tenho poderia até compra-la com base no seu conhecimento e credibilidade, daí a minha dúvida se compro mais pois seria para LP.
"Em todo caso, para M/LP ela tem tudo para dar alegria aos seus acionistas".
Mais uma vez agradeço a sua disponibilidade
( )'s

Anônimo disse...

um video sobre a empresa

http://br.youtube.com/watch?v=okVECW0GoFo&mode=related&search=

Diego Fonseca disse...

Para dar mais valor !!
Trecho de matéria publicada na Istoé Dinheiro desta semana intitulada "As razões do sucesso":

"A Villares cresceu comprando concorrentes nos anos 80, com trânsito fácil nos governo e as portas abertas nos bancos. Mas o grupo se apegou demais a contratos oficiais num momento em que os investimentos públicos definhavam. Em 2000, comandada por Paulo Villares, foi vendida aos espanhóis da Sidenor, até que acabou na carteira de empresas da GERDAU. Coisas da vida corporativa."

abs,

Seagull disse...

É, parece que a Gerdau tem 40% da empresa...

;-)